Como foi a trajetória vitoriosa de Ronaldinho Gaúcho no Galo

Você quer saber como foi a trajetória vitoriosa de Ronaldinho Gaúcho no Galo? Então esta no site certo, aqui você vai saber tudo que aconteceu com a vinda de Ronaldinho Gaúcho no Galo.

Ronaldinho Gaúcho no Galo

Em 4 de Julho de 2012 foi um dia histórico para o Atlético Mineiro, depois de ter ganhado o Campeonato Mineiro em cima do América, a torcida ganha uns dos maiores presentes de todos os tempos, Ronaldinho Gaúcho desembarca em BH para fechar com o Atlético.

Em meio de tantos atritos no Flamengo, e com desfecho do contrato, o Atlético Mineiro não perdeu tempo, Alexandre Kalil de olho no mercado, e prometendo contratar jogadores de peso para o Galo, foi logo atrás de Ronaldinho Gaúcho, o craque foi eleito melhor do mundo em 2004/205, e naquela tarde, o mundo voltava a atenção para a Cidade do Galo, jornalista de todos países, estavam indo para lá. No mesmo dia ele vestiu o manto sagrado e foi logo treinar, estava com fome de bola, e demonstrava que iria dar muitas alegrias a  massa atleticana.

Ronaldinho Gaucho

Em sua primeira coletiva falou da felicidade de estar vestindo o manto sagrado e das criticas recebidas . “Quando a gente recebe muitas críticas, acaba tendo vontade de dar a volta por cima e vim com essa vontade. O presidente (Alexandre Kalil) viu isso e me convidou para vir para cá. Penso em fazer o meu melhor, estou motivado para isso e almejando coisas boas. Chego para dar o meu máximo e ajudar o Atlético a conquistar títulos” Disse o Craque.

Com a camisa 49, escolhida para fazer uma homenagem a sua mãe ” dona Miguelina” que naquele ano passava por problemas de saúde.

Ronaldinho Gaúcho

Estréia de Ronaldinho Gaúcho no Galo

Sua estréia ocorreu no dia 09 de Junho de 2012, contra o Palmeiras no Pacaembu, naquele jogo o Galo venceu o jogo por 1 x 0 e o gol foi de Jô, no jogo o Ronaldinho Gaúcho deu duas assistências para gol, porem o juiz anulou os dois.

Na sua estréia diante da massa atleticana, contra o Náutico, aos 35 minutos Ronaldinho Gaúcho faz seu 1º gol com a camisa do Atlético Mineiro, o gol foi de pênalti, no ângulo sem chances para o goleiro.

Ronaldinho Gaúcho no galo, chegou dando muitas assistências para gol, e mostrando um ótimo futebol , em seu primeiro clássico contra o cruzeiro fez um golaço, que foi considerado um dos mais bonitos das histórias dos clássicos.

Ronaldinho Gaúcho

Durante todo o Campeonato Brasileiro de 2012, Ronaldinho Gaúcho mostrou o que mais sabe fazer, levantar a torcida com seus dribles e jogadas de efeito. Contra o Figueirense o jogador perdeu o padrasto e mesmo assim entrou em campo e prometeu que iria fazer um gol para homenagear, e cumpriu com uma noite pra ninguém esquecer marcou 3 gols dos 6 feito pelo Atlético Mineiro.

Diante do Fluminense, foi responsável por duas assistências, sendo uma delas no última lance da partida para o gol do zagueiro Leonardo Silva, que garantiu a vitória do Atlético por 3 a 2.

No jogo contra o Atlético Goianiense, Ronaldinho Gaúcho evitou a primeira derrota do Atlético, ao fazer o gol aos 45 minutos do 2º tempo o jogo ficou no empate em 2 x 2. Ao final da partida a torcida começou a gritar ” Fica Ronaldinho, Fica Ronaldinho” e o jogador disse  “O carinho que a torcida do Galo tem comigo é algo que eu não sei explicar. É muito pouco tempo para isso ter acontecido. O Galo ficou muito tempo sem brigar pelo título e Libertadores, e cheguei nesse momento bom e pude ajudar com boas atuações. Em qualquer lugar que saio em Belo Horizonte é assim. Eles pedem para que eu fique. Perguntam se eu vou ficar, mas meu pensamento é na vaga direta para a Copa Libertadores. Depois, vou deixar meu irmão conversar com o presidente e acertar tudo. Meu pensamento é em fazer o melhor para que o Galo entre na Libertadores.”. Disse Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho

Libertadores de 2013

Na Libertadores de 2013 não poderia ser diferente, afinal era o único título que Ronaldinho Gaúcho não tinha conquistado ainda. o astro entrou na libertadores com a camisa 10 e foi a estrela do Atlético na competição.

Na fase de grupo o Atlético foi perfeito, em 5 jogos conseguir 5 vitórias, conseguindo dua classificação antecipada, batendo São Paulo, e Arsenal de Sarandi como concorrentes diretos. O jogo contra o São Paulo ficou marcado por um lance curioso. Após paralisação para atendimento do lateral-esquerdo Júnior César, o meia do Galo foi até o goleiro Rogério Ceni e pediu água. Na cobrança de lateral efetuada por Marcos Rocha, Ronaldinho recebeu livre na grande área e sem nenhuma marcação. apenas o trabalho de dominar e achar o atacante Jô, na pequena área, para abrir o marcador. Só poderia ter vindo dele Ronaldinho Gaúcho um Gênio. Ronaldinho Gaúcho no Galo

Contra o Arsenal de Sarandi, Ronaldinho Gaúcho voltou a fazer bagunça, com um golaço. Recebeu um passe do Araújo, percebeu que o goleiro esta um pouco fora do gol, e com um soque sutil, acertou o ângulo direito do gol argentino.

Entrevista de Ronaldinho Gaúcho no Galo

O Ronaldinho Gaúcho deu uma entrevista ao Arena Sportv, em abril de 2013, o jogador comentou como foi sua chegada ao Atlético e a conversa que teve com o presidente Alexandre Kalil. “Conversei com o presidente e vi que ele estava entendendo o que eu queria. Sempre imaginei (voltar a) passar pelo que estou passando. Ele disse uma coisa muito simples: ‘Sei que tu tá com sangue no olho, com vontade de voltar a jogar. Pode vir que no meu clube eu tenho estrutura para (fazer) você voltar à Seleção. E quando eu sentei com o presidente do Atlético eu já pensei: “Esse cara tá entendendo o que eu quero. E é com ele que eu vou”, comentou o camisa 10. O meio-campista comparou sua chegada no Atlético ao bom momento que viveu com a camisa do Barcelona, entre 2005 e 2006. “Quando eu cheguei no Barcelona, o Real Madrid vinha com os galácticos, vencendo durante muitos anos. Agora, no Galo, o clube vinha de muitos anos sem participar de uma Libertadores. Lembra muito quando eu cheguei no Barcelona. Estou muito feliz de estar passando por isso novamente na minha carreira. Espero que finalize como foi no Barcelona, com títulos.”, destacou o atleta.

A primeira fase foi fechada contra o São Paulo, sendo que em São Paulo, vitória atleticana por 2 x 1, em Belo Horizonte o Galo goleou o São Paulo por 4 x 1, e ao final da partida ficou marcante devido ao que o Astro disse: “Para dizer a verdade, eles entenderam errado. Naquele jogo uma equipe tinha um objetivo, era ‘tudo ou nada’ para eles, mas para gente não mudaria nada, nem o primeiro lugar do grupo. Devido às circunstâncias, eu disse que a gente tinha que se divertir. Eles entenderam errado e usaram como motivação. Mas vou aproveitar a deixa… Quando está valendo, está valendo.” Disse Ronaldinho Gaúcho.Ronaldinho Gaúcho no Galo

Quartas de Finais

O Astro do Atlético mineiro Jogou bem contra o Tijuana, mesmo com o revez de 2 x 0, Ronaldinho Gaúcho, acertou um cruzamento para o gol de Diego Tardelli, e Luan em seguida empatou o jogo. O Jogo foi para Belo Horizonte e o Galo precisava de um 0 x 0 para seguir em frente, mas o Atlético jogou bem abaixo do esperado. O clube mexicano saiu na frente, mas, no fim da primeira etapa, Ronaldinho bateu falta para Réver, livre na pequena área, escorar pro fundo do gol. No fim da partida, Victor salvou o Galo da eliminação defendendo a cobrança de pênalti de Riascos.

Semi Final

O primeiro jogo foi na Argentina, contra o Newell’s, e o Galo perdeu o jogo por 2 x 0. Na partida de volta, Ronaldinho Gaúcho pediu apoio da massa, e mais uma vez a torcida fez sua parte, e precisou apenas de 3 minutos para o Atlético abrir o placar, com passe de Ronaldinho Gaúcho para Bernard, e aos 43 Guilherme acertou um chute de fora da área, levando a partida para os pênaltis. Na decisão por pênaltis, coube a Ronaldinho converter a última cobrança do Galo e a assistir mais uma defesa de Victor, que segurou o chute de Maxi Rodríguez.

Final da Libertadores de 2013

Contra o tricampeão Olímpia, o primeiro jogo foi no Paraguai, e com casa cheia, e muita marcação do adversário perdeu por 2 x 0 .  Em Belo Horizonte o Atlético teve que ser paciente para furar a defesa do time Paraguaio Olímpia, Ronaldinho chamou a responsabilidade do jogo buscando jogadas individuais e chutando de longe. Os gols foram de Jô e Leonardo Silva, levando o jogo para prorrogação, que terminou sem gols. Na decisão por pênaltis, o camisa 10 era o último a cobrar, mas, com duas cobranças desperdiçadas pelo time paraguaio, Ronaldinho nem precisou bater. Título inédito para o Galo, conquistado após campanha épica.Ronaldinho Gaúcho no Galo

Ao final da partida, Ronaldinho Gaúcho desabafou e agradeceu o técnico Cuca. “Era o que me faltava. Falaram que nós somos um time de renegado. ‘Fala agora! Jô está acabado. Ronaldinho está acabado. Demos a volta por cima e demonstramos que não é assim. Cuca é parceiro, desde quando eu era pequeno. A torcida me abraçou. É a minha maior alegria dar essa conquista ao torcedor”, desabafou o bruxo.

Com a conquista sul-americana, Ronaldinho se tornou o primeiro jogador de futebol da história a conquistar: Copa do Mundo, UEFA Champions League, Copa Libertadores da América e o troféu de melhor jogador do mundo.

Recopa 2014 e despedida

Em 2014, Ronaldinho Gaúcho no galo,  disputou mais uma Libertadores com a camisa do Galo e despediu-se do clube em grande estilo, ao conquistar o título da Recopa Sul-Americana, sobre o Lanús, no Mineirão.

Raio-x de um ídolo Ronaldinho Gaúcho no Galo

  • Chegada: 4 de junho de 2012
  • Saída: 30 de julho de 2014
  • Partidas: 88
  • Gols: 28
  • Assistências: 32
  • Títulos: 3 (Mineiro 2013, Libertadores 2013 e Recopa 2014)

Deixe seu Comentário